Games “Customizados” e o Desenvolvimento de Habilidades Cognitivas Específicas

Games “Customizados” e o Desenvolvimento de Habilidades Cognitivas Específicas: Criatividade, Sociabilidade e Capacitação Técnica na Cibercultura

Autores:José Messias, Alessandra Maia, Vinicius Mello

Resumo:

Partindo da percepção de que a “customização” de games tem uma relação direta com as ideias de Cognição Distribuída (Hutchins, 2000) e Atividade Ergódica (Aarseth, 1997), busca-se analisar, a partir de comunidades de compartilhamento dos jogos “Pro Evolution Soccer”, “Guitar Hero” e “World of Warcraft”, como a pirataria pode ser entendida além da mera apropriação de
um conteúdo alheio para fins próprios, sendo uma tentativa de aproximar, muitas vezes, um produto da cultura local do jogador.

Palavras-chave: games; cognição; pirataria

Visualizar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *