Metodologia de Aprendizagem e Exploração Multimodal no Ensino Formal: levantamento de ferramentas de aprendizagem

Autores: Raquel Timponi, Alessandra MaiaDaniele de Aragão Mendonça e Fernanda Bravim

Resumo:

Este artigo objetiva mapear métodos, filosofias e ferramentas de aprendizagem recorrentes na contemporaneidade, como Design Thinking, Canvas, Dragon Dreaming, Experience Learning, Movimento Maker e Fab Lab, que possam ser úteis para a integração entre experiências de vivência de alunos e o conteúdo ministrado no ensino formal em sala de aula. Acredita-se que esses recursos demonstram que o aprendizado pode acontecer de maneira colaborativa e ativa, mais precisamente quando o aluno está se divertindo e levando o aprendizado para as decisões de seu cotidiano e não apenas com foco na avaliação final da disciplina. O levantamento realizado neste artigo será importante para o desenvolvimento de uma Metodologia de Aprendizagem e Exploração Multimodal no Ensino Formal (LMD/CiberCog) que envolve mídias digitais e os recursos necessários para gerar a integração entre as experiências dos alunos e a aprendizagem do conteúdo do ensino formal. Isso é levante por considerar que a aprendizagem se desenvolve por meio de uma atuação corporificada (VARELA, 1994).

Palavras-chave: metodologias ativas; mídias digitais; aprendizado; ensino formal; cognição corporificada.

Visualisar