CiberCog e Laboratório de Mídias Digitais participam da Intercom 2017

Renata Monti

Integrantes do Laboratório de Mídias Digitais e do grupo de pesquisa Cibercog, coordenados pela professora Fátima Regis, participaram do Congresso Nacional da Intercom, realizado de 4 a 9 de setembro, na Universidade Positivo, em Curitiba. O tema desta edição, que celebrou os 40 anos da entidade, foi “Comunicação, memórias e historicidades”. Nos seis dias de evento, passaram cerca de 3.500 pessoas pela instituição de ensino.   No grupo de pesquisa (GP) sobre Games, coordenado por Thiago Pereira Falcão, da Universidade Federal do Maranhão, foram discutidos temas relacionados aos jogos, como educação, imprevisibilidade (Nilson Valdevino Soares, PUC-SP), games para mulheres (Beatriz Blanco, Senac), sombras queer (Gabriela Birnfeld Kurtz, UFRGS), bens virtuais (Tarcizio Pereira Macedo, UFPA), descentralização dos jogadores, entre outros.

As pesquisadoras do programa de Pós-Graduação da Uerj Alessandra Maia, Renata Monti e Kerolayne Marinho apresentaram o trabalho “Isso é Pokémon, Mermão!”: Sociabilidade e Apropriações de Pokémon Go na Cidade do Rio de Janeiro. A ideia das pesquisadoras foi identificar o perfil do jogo no contexto da capital fluminense, observando como fatores urbanos podem impactar na experiência do jogo, como, por exemplo, áreas turísticas e de violência. Ainda no GP de Games, o doutorando Ivan Mussa apresentou o trabalho O jogador descentralizado: perspectiva e dinâmica nos videogames de sobrevivência. Já o pós-doutorando José Messias Franco (PNPD/UFF) abordou Quem nunca sonhou em ser um jogador de futebol?: entretenimento como linguagem e customização de games.

Renata Monti apresentando o trabalho no GP Games. Imagem: José Messias

No GP de Comunicação e Cultura Digital, as coordenadoras Sandra Portella Montardo (Feevale) e Beatriz Polivanov (UFF) convidaram os ex-coordenadores do grupo para falar sobre a importância do debate entre as instituições acadêmicas e fazer um registro da memória dos 16 anos do GP que antes era conhecido como Cibercultura. A professora Fátima Regis enviou um vídeo sobre sua experiência. Ainda no GP de Cultura Digital, entraram em discussão assuntos como relações de complexidade entre corpo e tecnologias digitais (Erika Oikawa, CESUPA), publicações efêmeras em histories (Lorena de Risse Ferreira, UNISINOS, Laura Santos de Barros, UFRGS), canais de realidade virtual (Roberto Tietzmann, André Fagundes Pase, Andreia Denise Mallmann, Janaina dos Santos Gamba, Paula Regina Puhl e Samara Kalil, PUCRS).

Profª Sandra Montardo, ex- coordenadora do GP de Cibercultura (atualmente Cultura Digital) apresentando os coordenadores anteriores. Imagem: Beatriz Polivanov

Já na sessão sobre Celebridades e Entretenimento em redes sociais digitais, sob coordenação de André Pase, da PUCRS, foram discutidos temas como microcelebridades do YouTube (Simone Evangelista Cunha, UFF), videomemes musicais, ativismo de fãs (Luana Ellen de Sales Inocencio, UFF), memes (Daniel Rios Silva (UFF), entre outros. As pesquisadoras da Uerj Pollyana Rodrigues Pessoa Escalante, Mayara Fidalgo Pereira de Barros e Naiara Silva Evangelo apresentaram o trabalho O uso de GIFs animados em fanfics: um olhar para o Tumblr Avengers AUs Appreciation Blog. O objetivo foi analisar os posts no o Tumblr Avengers AUs Appreciation Blog, que são normalmente organizados com vários GIFs animados, que ilustram momentos diferentes.

Para quem deseja consultar os anais da Intercom Nacional 2017, é só clicar aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *