O jogador descentralizado

O jogador descentralizado: perspectiva e dinâmica nos videogames de sobrevivência

Autores: Ivan Mssa

Resumo:

Este artigo tem como objetivo investigar o modo como o jogador se posiciona na organização dos mundos de jogo. Partimos do estudo de caso dos videogames de sobrevivência, gênero que ganhou força com o lançamento de Minecraft no fim de 2009. Trabalhamos com a hipótese de que estes jogos não colocam o jogador no centro de seu funcionamento. A investigação percorrerá três temas: primeiro, apontaremos os principais elementos que configuram o contato entre jogo e jogador, priorizando a dimensão sensorial deste processo. Em seguida, defenderemos a ideia de que uma parte precisa pressupor a outra em sua materialidade para que ambos operem em um terreno comum. Finalmente, serão esboçadas as ideias de conectividade e instabilidade, que representam atributos dos jogos que descentralizam seus jogadores.

Palavras-chave: Videogames, ambientes digitais, dinâmica, perspectiva

Visualizar